Com prefeitura doada e outra explodida, prefeito de Caaporã e prefeita do Conde atendem na rua

Com prefeitura doada e outra explodida, prefeito de Caaporã e prefeita do Conde atendem na rua

Sabemos que o caos administrativo assustou muitos novos prefeitos que assumiram o mandato neste dia 1º de janeiro, mas, além da herança maldita, os prefeitos de Caaporã  e a prefeita do Conde não possuem nem sede de prefeituras para acomodar secretários e atender a população. E no primeiro dia de gestão, atenderam os moradores e o secretariado em suas residências e também no meio da rua.

Na cidade de Caaporã, o prefeito atual procura um imóvel para alugar e estruturar para receber o povo e montar as secretarias. A Prefeitura Municipal foi destruída por criminosos que explodirem dois caixas eletrônicos que funcionavam no local, parte da estrutura do prédio desabou com o impacto da explosão. O fato ocorreu no dia 15 de dezembro.

“Estamos tentando alugar uma casa para que nosso gabinete e algumas secretarias funcionem no local. Mas, temos que atender o povo, despachar com o secretariado, buscar dados, informações que nunca tivemos e o trabalho não pode parar. Vamos atender na rua, na casa do povo, onde pudermos atender. A estrutura da Prefeitura foi destruída e terá que ser totalmente reconstruída”, destacou ele.

O prefeito cogitou até colocar tendas nas ruas e junto com o secretariado, despachar pelos bairros da cidade.